Solidariedade

Pai de bombeiro militar precisa de doação de sangue

Postando em:

O Sr Genilton Vaillant de Sá está precisando urgentemente de sangue A negativo ou O negativo. O paciente de 68 anos está internado no Apart Hospital, em Vitória e vem sendo mantido em coma induzido há duas semanas para melhor controle de seu quadro clínico. A doença é agressiva.

Doadores que tenham outro tipo sanguíneo poderão ajudar a salvar outras vidas, já que os bancos de sangue estão com estoques muito abaixo do necessário.

O Sr. Genilton é vai do Cabo Vaillant, do Corpo de Bombeiros de Aracruz, profissional dedicado ao salvamento de vidas.

As doações devem ser feitas na Uniermo, Reta da Penha, em Vitória. O militar disse ao Site Aracruz que uma Van estará à disposição para o transporte dos doadores de Aracruz e região. Quem puder fazer a doação, favor entrar em contato com o Cabo Vaillant pelo telefone (27) 9 9930 3040.

Critérios

Para ser um doador é necessário ter entre 18 e 67 anos, ou 16 e 17 anos de idade, desde que possua autorização do responsável legal e apresente documento original do mesmo. Não há peso mínimo: pessoas com menos de 50 quilos também podem doar após passarem por avaliação médica.

Caso o voluntário tenha almoçado, o procedimento deve ser feito após três horas.

O interessado deve apresentar um documento original com foto, preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida passará por triagem para examinar os sinais vitais como pressão, pulso e temperatura.