Trânsito

Vítima de acidente: Familiares iniciam campanha por recursos para buscar mãe dele no RJ

Postando em:

Solidariedade. É o que procuram familiares e amigos de Edmar de Moura Correia, para que consigam buscar a irmã e a mãe da vítima no Rio de janeiro. Edmar perdeu o contato com a mãe há muitos anos e, vivendo um momento muito delicado em sua vida, mais do que nunca precisa do apoio da família.  

Edmar, de 33 anos, sofreu um grave acidente no último domingo (21) a caminho de Fundão. A vítima saiu de Timbuí, zona rural de Fundão, na Grande Vitória, para tomar banho em uma cachoeira localizada no Município de Santa Leopoldina, onde se encontrou com amigos.

Por volta das 16h, quando retornava para casa, Edmar perdeu o controle da moto e colidiu contra um pé de eucalipto existente na lateral de uma estrada de chão ainda no Município de Santa Leopoldina.

Edmar teria ficado cerca de 3h caído na estrada à espera de socorro. Segundo Marcio Nascimento, marido de uma prima da vítima, a demora se deu devido à burocracia, que não permitiu que uma ambulância de Fundão fosse buscar uma vítima de acidente em outro município. A aflição fez os familiares se esquecerem de acionar o Corpo de Bombeiros, que solicitado, logo teria enviado uma equipe ao socorro da vítima, informou Marcio.

Edmar foi levado para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra, onde foram constatados sérios ferimentos. A vítima quebrou o maxilar, teve quatro traumatismos cranianos e afundamento facial. Ele foi submetido a uma cirurgia e deve passar por pelo menos mais uma nos próximos dias.

Casado, Edmar tem sido acompanhado pela esposa no hospital e, justamente nesse momento delicado, a mãe, com quem ele havia perdido contato há anos, foi localizada através de uma enorme campanha nas redes sociais. Apesar da boa notícia, um obstáculo precisa ser vencido para que a mãe possa abraçar o filho.

Desempregado, Edmar não possui recursos para que a mãe e a irmã possam viajar do Rio de Janeiro para Fundão. A mãe também não tem condições financeiras para ir ao encontro do filho. Diante dessa dificuldade, familiares de Edmar, que também moram em Fundão, estão iniciando uma campanha com o objetivo de levantar recursos para promover esse reencontro da família.

“Elas têm muitos parentes aqui em Timbuí e casa para ficarem não vai faltar”, disse Gecilene da Silva, prima da vítima, ao Site Aracruz.

 

Como ajudar:

Quem puder colaborar com esse lindo gesto de solidariedade contribuindo com uma pequena importância, ou mesmo doando uma ou duas passagens Rio de Janeiro x Fundão, pode entra em contato com a Gecilene pelo telefone (27) 9 9877 3869 ou deixar recado no Whatsapp do Marcio (27) 9 9933 7822.    

 

 

Prefeitura de Fundão

Questionada por nossa reportagem sobre o não envio de uma ambulância do município para socorrer a vítima, a prefeitura enviou a seguinte nota:

“No último domingo, 21 de janeiro de 2018, o Pronto Atendimento recebeu uma ligação de populares presente no local do acidente, solicitando ambulância para prestar socorro a vitima, pelas informações passadas por telefone o  paciente apresentando trauma de crânio encefálico, (TCE) em estado grave, devido a gravidade do caso a ambulância do Pronto Atendimento não dispõe do recurso necessário para esse tipo de atendimento, portanto foi orientado ao popular á realizar o contato imediato com o SAMU 192, inclusive informando o número telefônico alternativo da região (27) 3232-2350. Segundo informação da Sub. Secretária de Saúde do Município de Fundão, a qual estava no local do acidente e acionou junto aos populares a SAMU , e foi informada por eles que naquela localidade a Samu não iria e que era para chamar o corpo de bombeiros, onde a mesma acionou . Os Bombeiros chegaram ao local e viram que havia necessidade de uma SAMU avançada, e foi comunicado com a base da Samu, onde foi enviado uma SAMU avançada e a mesma entubou o paciente no local e encaminhou  para o Hospital Dr Jaime Santos Neves.”