Cidades

Acúmulo de lixo nas ruas de Fundão causa reclamações de moradores

Postando em:

Moradores de Fundão não estão nada satisfeitos com a forma como vem sendo feita a coleta de lixo no município. Na manhã desta quinta-feira (15), a redação do Site Aracruz recebeu reclamações de que o lixo estaria se acumulado nas ruas de Praia Grande, exalando mau cheiro e atraindo moscas e até urubus.

Leia também: Bandidos invadem residência de Fundão, prendem família na despensa e fogem com carro das vítimas 

De acordo com uma das reclamantes, Marise Ferreira da Silva, moradora de Praia Grande, a coleta está sendo feita a cada dois dias, normalmente nas primeiras horas da manhã, fazendo com que o lixo se acumule durante todo o dia podendo completar até 48 horas.

 

“Por se tratar de um balneário e receber milhares de turistas, Praia Grande não deveria ter intervalo na coleta de lixo. Isso afasta as pessoas e prejudica o comércio na região”, afirmou.    

 

Nossa redação recebeu também fotos que mostram um pouco do que seria a situação da região de Praia Grande.

 

 

A foto abaixo mostra uma maquina que estaria sendo usadas para a limpeza da praia no horário da manhã, mesmo com banhistas no local. O que também tem motivado reclamações.

A insatisfação dos moradores não termina por aí. Eles se queixam também que a coleta de entulhos e galhos deixou de ser feita ainda antes do último natal e que assim muitos restos de obras e galhos vêm se acumulando nos cantos das ruas.

 

Para saber se o problema existia antes da nova administração, que tomou posse no final de outubro de 2017, nossa reportagem entrou em contato com o então prefeito interino, Eliazar Ferreira Lopes (PC do B). De volta à presidência da câmara após a última eleição para prefeito, Eliazar disse que entregou a prefeitura com o serviço de coleta de lixo em dia e que, inclusive, deixou aberto um processo de licitação para nova contratação do serviço, já que o contrato em andamento só pode ser prorrogado até o mês de maio. Ainda segundo o presidente da câmara, o prefeito Pretinho Nunes (PDT) cancelou a licitação, o que pode obrigar a prefeitura a fazer um contrato emergencial na contratação de uma nova empresa para a realização da coleta.    

 

O outro lado:

 

Procurada por nossa reportagem, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Infra-estruturar e Meio Ambiente de Fundão enviou, através da assessoria de comunicação, a seguinte nota:  

 

1 - Relativo a licitação, o novo termo de referência que foi produzido para a nova contratação dos serviços de Limpeza do município será apresentado para o atual Prefeito Municipal para abertura do processo, pois é necessária a ciência da nova administração para que seja realizada a substituição do tipo de contrato que atualmente é regido por outro, de acordo com o novo termo de referência, até mesmo porque a administração está estudando a opção de prestar por si só os serviços de limpeza, comprando ou alugando caminhões e utilizando mão-de-obra própria. Portanto, estar-se utilizando o tempo hábil que ainda existe, pois o contrato existente pode ser prorrogado até Maio para de fato decidir.

 

2 - O serviço não está deficitário, inclusive hoje trabalha-se com um caminhão a mais do que estava trabalhando. O que foi criado foi uma programação de prioridades para atender a todos, que corresponde ao início das rotas de coletas nos distritos e sede do município as segundas, quartas e sextas, sendo que os locais que ficaram ausentes nestes dias, se existirem, serão as prioridades dos dias seguintes, no caso terças,quintas e sábados, respectivamente, ou seja, não há a possibilidade de alguma rua ter seus resíduos depositados na mesma por mais de 48 horas. 

Entretanto, há dois fatores que podem estar causando impressões indevidas. O primeiro é que estamos na época de veraneio e o distrito de Praia Grande tem uma demanda de 4 a 5 vezes maior do que a normalidade, por isso a inserção de outro caminhão na rota. E segundo é que a população continua por depositar os resíduos por ela produzidos em horários indevidos, horários em que o caminhão já teria passado em suas ruas. O horário para depósito dos resíduos é no período da manhã.

 

3 -  Como dito no item 2, a situação esta controlada, o que foi feito foi a adição de um novo caminhão devido a demanda do verão e está se utilizando de meios de comunicação para informar a população os horários que provavelmente estarão sendo feitas as coletas nas ruas específicas.

 

 

Sobre a máquina trabalhando na limpeza da praia na presença de banhistas, a prefeitura não chegou a questionada por nossa reportagem, já que a foto só foi recebida após enviada a resposta da prefeitura de Fundão que, se desejar, poderá responder à questão através do Site Aracruz.