Política

Em sessão extraordinária, vereadores de Aracruz podem reconsiderar voto contra aumento do IPTU

Postando em:

O aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano voltará a ser discutido ainda este ano e vereadores que votaram contra podem rever voto após melhor compreensão do projeto do executivo.

Um bom público compareceu à câmara municipal de Aracruz nesta segunda-feira (18) para acompanhar a votação do polêmico projeto, que acabou rejeitado em primeiro turno com 15 votos contrários e apenas dois favoráveis.

Dias antes da sessão, circularam, na internet, informações de que o aumento giraria em torno de 20%. Durante a discussão, não houve melhor esclarecimento do projeto, que possui várias tabelas de aumento, e alguns vereadores disseram que podem rever seus votos após melhor entendimento da proposta. Foram os casos de Fabio Netto (PC do B) e Carlos Alberto Pereira (PRP) , por exemplo.

Para vigorar em 2018, o projeto que aumenta o valor do IPTU precisa ser aprovado ainda em 2017. Como a sessão desta segunda-feira foi a última ordinária do ano, a presidência da câmara irá convocar sessão extraordinária para a votação em segundo turno.