Saúde

Câmara de Ibiraçu vota projeto que garante proteção aos direitos dos autistas

Postando em:

A câmara municipal de Ibiraçu vota, nesta terça-feira (14), um projeto de lei que institui Política Municipal de Proteção aos Direitos da Pessoa com Transtorno e Espectro Autista. O autismo é uma síndrome de origem desconhecida que dificulta a linguagem, a interação social e a imaginação do indivíduo, sintomas que normalmente começam a ser notados  em crianças que possuem a síndrome, como mostra o personagem de Miko Hugles no filme Código para o Inferno, estrelado por Bruce Willis.

 

A doença ainda não tem cura, mas com o devido acompanhamento o indivíduo pode melhorar consideravelmente. É exatamente esse bom acompanhamento que o autor do projeto, o vereador Otávio Maioli (PT), tenta garantir às pessoas com autismo.

“Nosso objetivo é garantir acesso efetivo, tratamento terapêutico gratuito e adequado para as pessoas que tenham essa síndrome. A instituição dessa política é fundamental, já que muitas famílias não possuem recursos financeiros para custear o tratamento, que é muito caro. O tratamento pode levar muitos autistas a alcançarem a autonomia necessária para seu dia a dia, e quanto mais cedo diagnosticado o problema melhores serão os resultados alcançados”, afirmou o vereador.

O Projeto de Lei 25/2017 já foi aprovado em todas as comissões e agora só depende da aprovação em plenário para poder ser sancionado pelo prefeito. A presença de familiares de pessoas com autismo na sessão de hoje pode sensibilizar os vereadores e garantir a aprovação do projeto. A sessão da câmara de Ibiraçu acontece a partir das 19h.