Política

Nena renuncia, e Paulo Flávio é o novo líder de Jones na câmara de Aracruz

Postando em:

O vereador Paulo Flávio Machado (PRB) é o novo líder do governo na câmara municipal de Aracruz. O anúncio foi feito de forma oficial durante a sessão ocorrida na noite desta segunda-feira (30).

Após a sessão, Paulo Flávio disse à reportagem do Site Aracruz que sua missão como líder será ajudar o prefeito a fazer as coisas fluírem com mais rapidez. “Por exemplo, temos uma base e precisamos buscar informações dos vereadores, sobre as indicações deles, para levar uma resposta mais rápida aos nossos munícipes. A nossa visão hoje é de no ano que vem a gente entrar em um ritmo acelerado. Estamos trabalhando junto ao executivo para controlar esse período de crise, para quando ela passar a gente sair na frente. A própria imprensa divulgou que nosso município é o que está mais organizado nas contas, e estamos fazendo de tudo para não ficarmos com pendências, para estarmos sempre um passo à frente dos demais municípios. O prefeito deixou bem claro que o líder tem um papel fundamental aqui dentro (da câmara), seja junto à base ou com a posição.

Paulo Flávio assumiu a função de líder do governo no lugar de Marcelo Cabral Severino, o Marcelo Nena (PSL), que entregou ao prefeito uma carta de renúncia há algumas semanas. O motivo que chegou à redação do Site Aracruz de forma extra-oficial, seria a insatisfação de Marcelo, que estaria se sentindo desprestigiado junto ao prefeito. Jones, porém, não teria aceitado a renúncia de seu líder o que prorrogou a permanência dele na função.

Perguntado se não seria preocupante o fato de Marcelo Nena ter deixado a função de líder do governo por suposta insatisfação com o prefeito Jones Cavaglieri, Paulo Flávio respondeu: “Não sei por qual motivo ele saiu, mas todas as oportunidades que me aparecem eu recebo como um desafio, e o desafio eu sempre coloco na mão de Deus para que ele me ajude a vencer qualquer obstáculo”, concluiu Paulo Flávio.     

Procurado pela reportagem do Site Aracruz, Marcelo Nena respondeu, através de sua assessoria, que após o falecimento de sua mãe decidiu que seria mais viável se afastar da função de líder, tendo em vista a necessidade de estar mais perto da família, tempo que não teria enquanto estivesse se dedicando à função. Por isso, teria resolvido abrir mão desse compromisso.

Ainda de acordo com Marcelo Nena, o nome de Paulo Flávio para substituí-lo na liderança teria sido uma sugestão da maioria dos vereadores da base. Nena aproveitou o espaço para agradecer ao prefeito pela oportunidade, e pediu desculpas aos que acreditaram nele.