Meio Ambiente

Estado e Funai assinam acordo para recuperação de áreas indígenas em Aracruz

Postando em:

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama) e a Fundação Nacional do Índio (Funai), assinaram, nessa quinta-feira (21), um Acordo de Cooperação Técnica que tem como objetivo dar apoio na recuperação das áreas degradadas, na gestão ambiental, na capacitação técnica e na adoção de práticas de uso amigável do solo nas áreas das terras indígenas do Espírito Santo, localizadas no município de Aracruz. A prefeitura participou deste ato, que também reuniu entidades como Incaper e Associação Indígena Tupiniquim e Guarani (AITG).

O documento prevê o investimento total de R$ 1,4 milhão, sendo R$ 1,1 milhão por parte da Seama e R$ 300 mil por parte da Funai, e será realizado no âmbito do Programa Reflorestar promovendo a adoção de práticas sustentáveis em 241 hectares de terras indígenas, além da recuperação florestal com espécies nativas, implantação e cultivo de sistemas agroflorestais coletivos nos quintais de 126 famílias indígenas que receberão o plantio de aroeirinha, ou pimenta-rosa, espécie nativa da Mata Atlântica.

A parceria prevê, também, a entrega dos insumos aos indígenas, necessários à implantação das áreas, assim como estrutura de suporte para armazenamento dos insumos e pagamento de serviços de implantação.

As atividades serão coordenadas pela comissão de caciques e quatro associações de moradores das terras indígenas, apoiados pela equipe técnica local da Funai e equipe técnica do Programa Reflorestar.

“Essa parceria é importante para as comunidades indígenas do município que serão beneficiadas com a recuperação de suas terras, hoje degradadas. Temos que unir forças para dar continuidade a trabalhos que colaborem no desenvolvimento e valorização da nossa cultura tradicional”, disse o prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri.

 

Fonte: Prefeitura de Aracruz