Utilidade Pública

Mãe de Aracruz fica feliz ao saber do filho e quer buscá-lo nas ruas do Rio

Postando em:

Com muito alívio e felicidades. Foi assim que a dona Claudia Dantas Magalhães recebeu a notícia de que seu filho Rafael está vivendo nas ruas do Rio de Janeiro. O motivo da felicidade é que o jovem, de 22 anos, estava desaparecido. A notícia de que Rafael se encontra no Rio de janeiro foi publicada na noite desta quarta-feira (31), após o comerciante carioca, Erasmo Carlos Olímpio, entrar em contato com o Site Aracruz em busca de ajuda para localizar a família de Rafael. Com a ajuda dos seguidores do site, em apenas meia hora após a publicação a família do jovem foi localizada no Bairro Morobá, onde ele disse que moravam os pais dele. A notícia, que alcançou quase 115 mil visualizações, teve inúmeros compartilhamentos e isso foi fundamental para que a família recebesse a boa notícia. (Na foto de capa, Rafael aparece na barraca de doces do amigo Erasmo Carlo) Morando nas ruas do Rio, jovem tenta reencontrar família de Aracruz

Na manhã desta quinta-feira (01), dona Claudia entrou em contato com o Site Aracruz para agradecer e saber mais informações sobre a localização do filho. Rafael havia informado que não via a família há cerca de dois anos, mas de acordo com a mãe, já tinha mais de três anos que não via o jovem e a última notícia que recebeu dele já faz um ano. “Desde os 11 anos de idade ele costumava fugir de casa e deixava toda a família preocupada, mas dessa vez já não sabíamos se ainda estava vivo. Louvo a Deus por ele estar bem!”, disse a mãe.

Paralisadas desde 2016, obras da Av. Guaxindiba são retomadas pela Prefeitura de Aracruz

Perguntada se o Rafael tem algum problema psiquiátrico para desaparecer dessa forma, dona Claudia respondeu que devido a esse comportamento, já foram feitos exames que não detectaram problemas psiquiátricos no jovem. “O problema que ele tem são crises de epilepsia”, acrescentou.

Rafael é o segundo de quatro irmãos. Humilde, a família não encontra facilidade para ir ao Rio de janeiro buscar o jovem, mas a mãe ficou de tentar ajuda junto à Secretaria Municipal de Assistência Social para que o filho possa voltar logo para casa.