Utilidade Pública

Mulher tenta reencontrar família em Aracruz após 40 anos

Postando em:

A busca por uma nova vida no interior de Rondônia resultou em um casamento e a formação de uma grande família. Porém, passados 40 anos, Dona Marli da Conceição sente falta de algo muito importante do qual não pôde desfrutar durante as últimas quatro décadas, a família que deixou em Aracruz.

A história de Dona Marli foi contada pela neta Emile Pereira, que mora em Cacoal, também no Estado de Rondônia, e que pediu ajuda ao Site Aracruz para tentar realizar o sonho da avó de reencontrar seus familiares.

Segundo Emile, Dona Marli saiu de Aracruz quando tinha 26 anos deixando na Cidade sua mãe Maria da Conceição, seu padrasto, conhecido como Napoleão, e seus irmãos Nilton Conceição, Maria Conceição e Laci ou Lacilda Conceição, nome que a avó não soube precisar.

Hoje com muito boa saúde aos 66 anos, Dona Marli é divorciada e possui nove filhos, sendo cinco mulheres e quatro homens, que cuidam muito bem dela. Residente em Chupinguaia, interior de Rodônia, a idosa não se lembra do nome do Bairro onde morava em Aracruz.

Em conversa com a neta, Dona Marli disse que seu maior sonho é reencontrar a família. Ela tentou outras formas para localizá-los, mas apesar de ter pedido ajuda a algumas pessoas, ninguém nunca se interessou em realmente fazer algo para ajudá-la.

"Eu não vejo essa parte da minha família há 40 anos. Será que vou morrer sem conseguir reencontrar meus irmãos e abraçá-los?", perguntou Dona Marli à sua neta Emile.

“Essa frase me cortou o coração. Fiz do sonho dela o meu maior sonho. Gostaria de pedir encarecidamente a ajuda de vocês para tornar esse grande sonho possível. A nossa esperança é que eles continuem morando aí em Aracruz, disse a neta ao Site Aracruz.

A foto abaixo, que já tem 40 anos, é da irmã que se chamaria Laci ou Lacilda Conceição. Na época ela estava grávida.

Se você conhece algum dos familiares da Dona Marli ou tem alguma informação que possa ajudar a localizá-los, favor entrar em contato com o Site Aracruz, através do (27) 9 9983 0085 ou pedir que falem direto com a Emile pelo tel. (69) 9 8414 1832.